Como separar brigas entre cães

12 de Dezembro de 2017
Separar uma briga de cachorros é uma experiência da qual você espera nunca ter que passar. Por isso, a melhor maneira de evitar isso é com a prevenção. Os cachorros apresentam alguns sinais quando estão incomodados ou nervosos com a presença de outro animal, como: rosnados, dentes à mostra, corpo enrijecido e cauda baixa. Se presenciar alguma dessas atitudes no seu cão ou em algum outro cachorro, é hora de dar meia volta. Afastar os dois animais e tirá-los completamente do campo de visão um do outro.
 
Caso a briga esteja acontecendo, siga algumas dicas:
 
1-  Mantenha a calma. Os animais são muito sensitivos e ter mais um ser angustiado no meio de uma briga só vai aumentar ainda mais a tensão.
 
2- Jamais bata ou chute o cachorro. Violência gera violência e você só vai aumentar ainda mais a raiva do animal, fazendo com que ele fique mais agressivo com o outro animal e com você mesmo.
 
3- Jogue água. Água não machuca, não estressa, mas costuma assustar os animais. Uma mangueira, uma garrafa de água ou o próprio pote de água do seu cachorro que esteja do lado serve para você mudar o foco da briga. 
 
4- Se o cenário for muito feio e você perceber que um dos cachorros mordeu o outro e não quer soltar, pegue as patas traseiras do animal e levante ele. Mas seja bem rápido nesse movimento, ou o cachorro pode acabar te mordendo.
 
Assim que conseguir separar os encrenqueiros, você deve levar o animal ao veterinário. Mesmo que superficialmente ele não apresente nada além de um arranhão, é bom verificar se os órgãos internos estão intactos ou mesmo ter a certeza de que seu cão não teve nenhuma fratura.