5 pontos para ficar de olho na saúde do seu filhote

19 de Julho de 2019
O acompanhamento da saúde do seu filhote feito de forma regular é fundamental na prevenção de doenças e para o seu bem-estar. Separamos alguns pontos que você pode ficar de olho no dia-a-dia, que podem indicar que seu bichinho possa ter algum problema.

1. Atenção com a pelagem: a pelagem deve ser macia, brilhante e forte, sem quedas excessivas ou localizadas. Geralmente, os cães trocam de pelos de 2 a 3 vezes ao ano. A intensidade da queda de pelos pode variar de acordo com a raça e alimentação do animal.
2. Olhos: os olhos dever ser bem limpos, abertos e atentos. Cuidado com excesso de lágrimas, descamação ou sensibilidade à luz.
3. Focinho: o focinho do seu cão deve estar sempre úmido e fresco. Fique atento à espirros, tosses e corrimentos, que podem indicar algum tipo de infecção respiratória.
4. Dentição: os dentes de leite do filhote costumam aparecer entre 2 e 8 semanas de idade, sendo trocados pelos permanentes entre 4 e 7 meses. O processo de crescimento dos novos dentes é um pouco incômodo para o cãozinho, pois irrita sua gengiva. Por isso, nesta fase, eles costumam morder tudo que encontram pela frente. Dê brinquedos para que ele possa morder e diminuir este incômodo. Dificilmente os cães tem cáries, mas o tártaro é um problema comum, que deixam os dentes com uma coloração amarelada e com mau hálito. Cuidado com o tártaro, pois pode levar a queda dos dentes, além de problemas cardíacos e renais. Cuide da higiene bucal do seu filhote.
5. Sistema digestivo: em caso de vômito, diarreia, dificuldade para fazer as necessidades, sangue nas fezes ou dificuldade na hora da alimentação, leve-o ao veterinário.